Boas iniciativas

Perdoe o seu ladrão

Postado em Atualizado em

Clica que você chega no grupo!
Clica que você chega no grupo!

Um desses eu ouvi que enquanto você guarda ódio de uma pessoa, você continua tendo uma ligação com ela.
Você conseguiria deixar o ódio pelo seu ladrão ir embora?

A Bruna Caldeira está tentando perdoar o ladrão que roubou a casa dela. Não vai ser fácil, já que ele levou um notebook com trabalhos de oito anos de atuação como designer gráfica. O ódio e a ideia de perdoar mexeram tanto com ela que ela criou uma página no Facebook pra ajudar mais gente a deixaro sentimento ir embora. O que não significa, é claro, que o cara não tenha que ser punido.

Leia o resto deste post »

Outubro Rosa (ou: toque seus peitos)

Postado em Atualizado em

Ah, se as mulheres prestassem tanta atenção aos seus peitos quanto os homens…

Imagem

Outubro é o mês dedicado à prevenção do câncer de mama. Estão rolando campanhas lindas por aí, todas cor-de-rosa. =)

É o seguinte: o câncer de mama é o segundo mais frequente do mundo. A estimativa é que neste ano mais de 52 mil brasileiras morram pela doença. Sem falar nas que sobrevivem, mas têm que passar pelo processo super doloroso de reconstrução das mamas.

Acontece que o câncer de mama é muito fácil de ser detectado. Para quem não conhece, vai uma cola do auto-exame aí embaixo, feito pelo Plush Blush. Além disso, é importante fazer uma mamografia anual, principalmente as mulheres acima de 35 anos. Esse exame consegue detectar tumores bem pequenos, e nesse estágio a chance de cura é de 95%!

No Brasil a mortalidade é muito alta, principalmente porque as mulheres deixam de fazer esses exames e o tumor só é detectado quando está do tamanho de uma bola de golfe (ok, exagerei). Mas é sério. Meninas, aproveitem o mês para marcar sua mamografia anual. Estamos chamando esse dia de “dia rosa”. Fofo.

Imagem

Então reserve seu dia rosa e encha o saco incentive mãe, filhas, irmãs, avós, tias, primas, amigas e colegas a fazerem o mesmo.

E pra quem quiser conhecer mais sobre o tema e ler histórias bacanas:

Pesquisa da Avon, mostra que o amor é fundamental para a cura
 História da Simone Mozzilli
 Site do Outubro Rosa no Brasil
 Seção do blog Plush Blush dedicada ao tema
 Videozinhos divertidos sobre o tema

De sapos a gatos

Postado em Atualizado em

Lucy antes…

Essa primeira foto foi tirada em fevereiro, no dia que eu resgatei a Lucy. Ela estava magrinha, imunda e esfomeada. De lá pra cá ela foi castrada, vacinada, vermifugada, bem alimentada e o principal: ganhou um local seguro para morar e muitos cafunés. Quatro meses depois, eis o resultado:

… e depois

Essa foto de celular não faz jus ao quanto ela está linda e feliz. É um poço de carinho. Pede colo todo dia e criou o hábito de fazer manha quando eu estou de saída pro trabalho. Brinca de lutinha e de pega-pega com as minhas gatas o dia inteiro. Sinceramente, meu coração aperta muito quando penso em doá-la. Como é que eu entrego essa criaturinha para um estranho?

ooohhh

Quando mostrei essa foto para o dono da banca (que se preocupa e pergunta todo dia sobre ela), ele chegou até a perguntar se era a mesma.

Essa comparação é para mostrar o quanto vale a pena ajudar um animal que vive nas ruas, que sofre. A gratidão deles por nós não tem medida. E o meu caso é ainda bem sem graça se comparado a alguns que já aconteceram na AUG. Outro dia vimos uma gata que antes era super agressiva (a ponto de atacar quando as voluntárias tentavam vaciná-la e medicá-la) se desmanchar de dengos diante dos carinhos da sua nova dona. O fato de se sentirem protegidos e amados é tão importante para os animais, que muitos deles mudam de personalidade na casa da família que o adotou.

Em tempo: a AUG está com uma campanha do agasalho para animais. Vale a pena participar.

**ATUALIZAÇÃO:
É claro que no final ela foi adotada. Por mim. A Lucy é minha e ninguém tasca!

Financie quem você acredita

Postado em Atualizado em

Conseguir financiamentos para projetos sociais é um problema. Apesar de a bondade ser difundida pelo país como algo positivo, nenhuma empresa ou investidor está disposto a liberar a grana sem ter algo em troca. Para quem tem pequenos projetos então, a missão parece impossível.

Mas existem agora ferramentas na internet (sempre ela!) que permite que pessoas como eu ou você financie pequenos projetos. Uma delas é o site Catarse. Na química, catarse é o elemento ou o processo que tem a função de acelerar uma reação. E é essa bem a função dessa iniciativa: fazer ideias bacanas decolarem.

Eu ajudei um projeto que se chama “A Fantabulosa Caixa de Livros“, uma coletânea de livros infantis que falam sobre meio ambiente. Em qualquer um dos projetos, você pode ajudar sem esperar nada em troca, ou pode escolher um “prêmio” pela sua doação. Caso a meta não seja atingida dentro do prazo, você recebe o dinheiro de volta para aplicar em outras iniciativas do site.

Bacana, não?

Fique muito bravo!

Postado em Atualizado em

E faça algo.

1.000.000.000 de pessoas no mundo estão neste momento com tanta fome que não têm forças nem para chorar. 1.000.000.000 de seres como eu e você estão acostumados a acordar e dormir com o estômago doendo, e sem a certeza de que poderão aplacar essa dor. 1.000.000.000 de homens, crianças e mulheres são personagens da história na qual a mãe tem que decidir entre se alimentar ou alimentar a seus filhos.

1 bilhão. Isso é um sexto da população mundial. São mais de cinco Brasis inteiros com fome. É muita gente com fome. Como isso não é uma prioridade mundial??

Existe uma petição internacional para que isso seja exigido. Tá ok, como se os EUA fossem de repente destinar todo o dinheiro que usam em armamentos para tirar a barriga dos pobres da miséria. Eu sei, é utópico acabar com a fome no mundo. Mas nós temos que começar a acreditar. Temos que voltar a nos importar, temos que ficar p*** de raiva por isso estar acontecendo e tomar uma atitude!

Temos que começar a pedir. Temos que começar a falar sobre isso, temos que encher o saco de todo mundo. Porque, quem, em sã consciência deixaria que isso continue a acontecer sem tomar uma atitude a respeito?

Quer uma ação simples, do tamanho diametralmente oposto à sua preguiça? Simplesmente assine.

Foi mal, tou com raiva.

Comunidade de Saúde

Postado em Atualizado em

Quando mudamos de cidade, uma das coisas que ficam para trás são seus contatos médicos. Aquele exame de rotina com o oculista que você frequenta desde criança, ou aquele médico que resolveu o problema da sua mãe e te ajuda quando você tem algo parecido, não existem mais. Mas, numa cidade totalmente estranha, como encontrar bons profissionais que atendam pelo seu convênio e não fiquem a 40 km da sua casa?
Quebrei a cabeça durante algum tempo e encontrei uma ferramenta super útil. É o site Help Saúde, que congrega médicos por especialidade, convênio e local. Se você gostar do atendimento, há um botão que permite recomendar o profissional. Pena que não dá para fazer comentários sobre os médicos e hospitais.

A história por trás do Creative Commons

Postado em Atualizado em

Você sabe o que é Creative Commons? Já ouviu falar de Copy Left? E de licença livre?

Esse videozinho é muito bacana de assistir e pode te dar respostas a essas questões: