O abismo é maior do que parece

Postado em Atualizado em

Calma, não estou falando de depressão. Mas a história não é muito feliz.

Topei com um vídeo que mostra de maneira bem simples a desigualdade econômica nos EUA. Ele mostra como as pessoas acham que é a distribuição de renda no país, como elas acham que deveria ser e como – e isso é mais chocante – de fato é.

.

Será que a situação no Brasil é muito diferente? É certo que temos milhares de pessoas saindo da linha da miséria, mas também temos muita gente ficando muito rica. Na verdade o que acontece aqui é parecido com o que acontece no mundo como um todo. Há algumas pessoas que saíram da pobreza, outras que continuaram na pobreza, mas algumas poucas que se tornaram muito ricas e aumentam o abismo entre ricos e pobres.

Meu estatístico preferido, o Hans Rosling, explica usando caixinhas coloridas:

.

Entendeu?

Aí você pensa: ah, mas qual é o problema de ter gente rica no mundo? Enquanto as pessoas tiverem as garantias mínimas para uma vida digna, é justo que quem batalhou muito pra ficar rico curta o seu sucesso. Só que as coisas não são bem assim. Primeiro porque as pessoas da base não têm a garantia mínima de qualidade de vida. Segundo que o dinheiro de um país é algo finito, então se você tem muito num lugar, é porque tirou de outro (por exemplo, donos de grifes renomadas que lucram em cima do trabalho semi-escravo de imigrantes ilegais ). E em terceiro e mais importante, porque a desigualdade social é um dos grandes responsáveis pela violência.

Quer andar tranquilo pelas ruas tranquilamente com seu iPad novo? Pense nisso.

.

Gostou do post? Leia mais:
Pagando para poluir
Projetado para estragar – ou: por que as coisas não duram mais
Um olhar sobre a crise grega

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s