Diálogos em tempos de revolta popular

Postado em Atualizado em

Depois da manifestação linda e maravilhosa de ontem, dá pra ver que a rotina de SP mudou.

SP17_06_13-Ato-_-Aumento-de-passagens-_-Sao-Paulo

No supermercado:
Açougueiro: -Esse presunto nem tá tão caro, é R$ 20 o kg.
Eu: – Bom, vai sair mais barato que o ônibus né?
Açougueiro: -É verdade, o ônibus tá de matar. (…) Vai ter manifestação hoje?
Eu: – às 17hs, na praça da Sé. Vamos?
Açougueiro: – Olha, vou ver se vou sim, que do jeito que tá, não dá mais.

Na loja de material de construção:
(Eu chego e já há debate entre um cliente e o cara trás do balcão)
Cliente: – Ouvi dizer que foram mais de 65 mil em SP, muito mais.
Atendente: – Muito mais! E tem que protestar mesmo. Lá no sul, teve cidade que a tarifa diminuiu 10 centavos.
Cliente: – 10 centavos só?? Tá de brincadeira, né? Isso pra mim é até insulto.

No restaurante:
(Diálogo entre dois caras de uns 20 anos na mesa do lado)
Cara 1: – Foi muito doido ontem, eu nunca vi tanta gente junta.
Cara 2: – Falaram na TV que tinha 65 mil, mas tinha muito mais, um milhão!
Eu: – E vai ter hoje também, na Sé.
Cara 1: – Vão lá, cara?
Cara 2: – Mas também não vai ficar parando a cidade todo dia, né?
Eu: – Não, só até a tarifa abaixar.

sexto_grande_ato_aumento_passagem_sp

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s