Homenagem a uma doce desconhecida

Postado em Atualizado em

Melodie tem uma doença séria. Ela mora nos Estados Unidos e é o que os americanos chamam de hoarder. Ela se liga emocional e mentalmente aos objetos de maneira tão intensa que não consegue jogar nada fora. Em sua casa não quase não há espaço para se andar, apesar de ela manter tudo organizado em centenas de prateleiras. A quantidade de coisas acumuladas representa também uma ameaça para ela e seus vizinhos, pois em caso de incêndio, não há como fugir. Por causa disso, o senhorio quer que ela saia de seu apartamento. Melodie mora sozinha, não trabalha e não tem família. Além do hoardering, ela tem depressão e um sério déficit de atenção.

Mas sua voz é suave como uma melodia, e sua fala tem a inocência de uma criança. Ela é perfeitamente consciente de seus problemas e nenhum momento culpou os outros, a si mesma ou sequer foi rude com alguém. Conheci sua história através de um programa americano gravado em 2007. Não sei o que aconteceu com ela desde então, mas fiquei com vontade de viajar aos EUA só para lhe abraçar e dizer que vai ficar tudo bem. Para dizer que ela não está sozinha e que a sua atitude diante da vida vale mais do que um apartamento, uma casa com piscina ou todas as coisas que ela tem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s