Pense no que você come

Postado em Atualizado em

Quando eu estava no 2º ano, tinha um amigo vegan in-su-por-tá-vel. Tudo o que a gente ia comer ele começava a fazer discurso, a gente nem podia degustar um pacote de Passatempo recheado em paz. Hoje, depois de assistir ao vídeo abaixo e de ler muita coisa ao longo dos anos, dou razão a ele.

O vídeo foi gravado secretamente por um ativista contra a crueldade com animais, que passou duas semanas trabalhando na Hy-Line International, a maior granja industrializada do mundo. A “linha de montagem” que vemos separa os machos das fêmeas e simplesmente tritura os pintinhos machos vivos!

Que bom seria se as pessoas parassem para pensar de onde vem a comida que elas comem. E não é só uma questão de amor aos animais não, é uma questão de amor-próprio! Afinal, você confia no “glutamato monossódico”, “citrato de sódio”, “estabilizantes” e “corantes artificialmente aromatizados”? Como que a gente come algo que não consegue entender o que é?

Outro dia vi um vídeo, baseado em pesquisas norte-americanas, que falava que um certo remédio para fazer as vacas produzirem mais leite deixava as tetas das bichinhas inchadas. Vários animais ficavam num estado tão crítico (de dor) que o pus saía no leite. Pus!

Sem falar nos especialistas que afirmam que o modo de criação desumano e completamente artificial dos porcos foi um dos ingredientes básicos da gripe suína.

Não sei, não confio minha alimentação a alguém que preferencialmente quer lucrar com isso. Ou você acha que as empresas de laticínio colocam a saúde e a sustentabilidade antes do faturamento?

Apesar de tudo, não pretendo ser vegan. É algo realmente muito complicado. Por enquanto estou pensando numa forma de pressão para alimentos “cruelty free“. No site da ong que fez o vídeo, a Mercy For Animals, há alternativas, como pressionar as empresas a retirar ovos e outros alimentos que incluem essa rotina violenta das suas receitas. Mais uma pergunta para entrar na lista do SAC.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s