Diários de Bicicleta #2

Postado em Atualizado em

Plano B

crinças também são artistas urbanos
coisas que náo se vê de carro

Minha determinação de trocar o carro pela bicicleta para ir trabalhar foi por água abaixo quando passei a fazer estágio em Contagem. Para quem não mora em BH, basta dizer que Contagem também é chamada de Cidade Industrial. E isso significa muitos quilômetros e dezenas de camihões e ônibus dirigindo a mais de 100 km/h.

Bom, mas não desisti da ideia de cortar meus créditos de carbono no trânsito. Na verdade, descobri que sou mais uma walk person. Gosto mais de andar. Passei a ir para Contagem de ônibus, e deixo o carro em casa todo dia. Mesmo que tenha que pegar uma condução até o centro, para andar até outro ponto e pegar outra, me faz bem caminhar em meio às pessoas.

Também passei a ir a pé pra lugares relativamente perto. Assim, resgatei o prazer de observar a cidade. E pude observar cenas que não veria se estivesse de carro, como a intervenção de uma criança no cenário urbano, que vocês podem ver na foto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s